Zero km ou Seminovo?

Quando define-se um orçamento para comprar ou trocar um carro, ultrapassada uma faixa de valor, existe a dúvida de comprar um seminovo com 1 a 4 anos de uso ou um carro zero km.

Os carros considerados populares atualmente, equipados com ar condicionado e direção, por exemplo, não saem por menos de R$37.000,00, na média. Agora imagina que você tenha em mãos esse dinheiro ou até mesmo um pouco menos, em torno de 30 a 35 mil reais , por exemplo. Será que eu busco um seminovo à vista ou será que dou esse valor de entrada e financio uma pequena parte de um zero Km? Acredito que neste caso valha bastante a pena pesquisarmos os dois casos.  

Quando falamos do seminovo e considerando carros do mesmo modelo, a vantagem é que esse automóvel já atingiu sua maior depreciação e além disso ainda tem possibilidade de conseguir melhor preço negociando direto com o vendedor, primeiro dono na maioria as vezes. Esse carro tem a vantagem de estar na garantia de fábrica, visto que as revisões foram feitas de forma correta pelo atual proprietário. Neste caso estamos considerando carros com até 2 anos de uso.

Uma segunda opção para analisar, são os seminovos de até 4 anos de uso. A vantagem deste em relação ao zero km é que conseguimos variar mais as opções, nas quais pelo mesmo valor de um zero popular, existem carros com uma gama maior de acessórios ou uma motorização mais potente, por exemplo. A desvantagem é que já são carros mais rodados, com um cuidado maior em relação a manutenção. Mas isso não quer dizer que não seja um bom negócio. Tudo vai depender da paciência e atenção na compra.

Em todos os casos, vale sempre avaliar a depreciação de todos os modelos no mercado e tentar descobrir qual o principal motivo, desde um seguro salgado, quanto uma manutenção cara e difícil ou mesmo gosto popular.

Agora analisando o outro lado da dúvida, o carro zero km sempre brilha os olhos. Ao entrar na loja, já temos aquela iluminação branca que realça o brilho dos modelos expostos. Quando entramos então no carro e sentimos aquele cheirinho e nos imaginamos andando com ele pelas ruas, é difícil resistir, não é mesmo? Pois é, entretanto temos também que avaliar diversos fatores além desses cruéis que acabei de colocar. O carro custa a partir de R$37.000,00. Mas eu gostei daquela cor metálica e também quero aquela multimídia da propaganda. Insulfilm faz parte da minha segurança, vou querer colocar também. Nessa brincadeira o carro já foi para R$40.000,00.

Daí tem a documentação do zero km, que tem um valor de 3 a 4x maior que a transferência de nomes de um seminovo. Pelo menos uns R$3.500,00 a mais eu gastei. Mas calma, antes que me xingue, vou colocar as vantagens.

Atualmente, na crise que o país está vivendo, muitas montadoras estão com ótimas promoções. Com 70% do valor da entrada, conseguimos ótimas condições de compra, inclusive com taxa zero (ressalvas para taxa de abertura de crédito e seguro de financiamento embutidos), mas não deixa de ser uma opção para considerar. Com a entrada alta, conseguimos aprovação de crédito rápida, parcelas baixas e bom prazo de pagamento. É bom sempre lembrar que existem as revisões, avaliação de preço de seguro e depreciação de mercado.

Enfim, qualquer decisão de compra é preciso muita calma, análise, atenção e o comparativo de diversos cenários. Afinal de contas, só nós sabemos quanto é trabalhoso ganhar o nosso suado salário. E ah!!! Muito cuidado com a empolgação na hora da compra.     

Curta nossa página no Facebook.

Tagged , , , , , , , , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *